Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Doce Amanhecer

Poesia que liberta sentimentos

Zezinha Faísca

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
15
Ago20

A ARTE E O SONHO

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597483303865.jpg

Os olhos cedem ao sono

O corpo anseia o descanso
A janela dos sonhos se abre
O filme começa a rodar

Projetam-se imagens na tela
Conjugam-se as estrelas
Os desejos, os cheiros, as cores
Os sabores, a emoção
A fantasia ou imaginação

A arte do sonho
Ultrapassa a distância
Vai além do tempo
Não se prende na carne
A energia domina

Mas falta efusão
O amado toque da mão
O bater do coração
O sangue que circula
Os olhos que brilham

O corpo desperta
Quer dar vida ao sonho
Não sabe que o faz
Até um dia ...
O Amor se eleva
Brilha tão forte
Como a estrela do norte

A Arte surge ... espontânea
As galáxias inspiram
Louvam "Aquele que Causa que Venha a Ser"
Criador dos sonhos, do tempo, da vida
Do Amor, do Universo.

14
Ago20

NOVOS ACORDES DE AMOR

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597383567049.jpg

Vou Descobrir...

Do arco íris... uma nova cor...
Um fruto... de novo sabor...

Novo perfume... uma flor...
Um som... inovador...

Novos acordes... de Amor...
Novas manhãs... sem horas...

Gotas de água... mais puras...
Horizontes... verticais...

Ramos de árvores... transparentes...
Raízes... que se libertam...

Corações... que se renovam...
Abraços ... efusivos... que refrescam ...

Apontamentos... de registos ondulantes...
Brisas suaves... intensas memórias...

Reescrevem-se... as mais belas histórias.

12
Ago20

BELEZA MAIOR

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597205432228.jpg

Não há beleza maior

Que o sorrir de uma criança
Alegria está presente
No seu olhar inocente

Puro amor a transbordar
Os animais a brincar
Com carinho abraçar
Ao enfermo vai curar
Corações a palpitar

Adora os seus avós
O movimento é constante
O dói-dói beijinho cura
Se sobrepõe a ternura

Ensina aos pais a lição
Do perigo não tem noção
O amor cresce no dar
Reforça a união.

 

 

09
Ago20

HOMEM E MULHER

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597032958066.jpg

Instinto maternal de criança 

Riqueza partilhada, uma herança
Afaga o bebé no colinho
Embala o seu sono com jeitinho
Palavras afáveis de carinho

Mulher, tão bela criatura
De amor esculpida, com ternura
Por homens muito desejada
Musa de poemas encantada
Ao seu amado dedicada
Romantica e apaixonada

Forte, corpo musculado
O Homem foi presenteado
Da razão em lógica instruído
Na paixão de amores repartido
Á infancia em sonhos transportado

Á mulher quer seduzir
Cantigas de amor do porvir
Serenatas ao luar
Corações a conquistar

De carne e osso se encaixam
Unidos na perfeição
Em casal juntos relaxam
Extasiam de emoção.

07
Ago20

VOAR, O SONHO

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033098950.jpg

O maior Sonho do Homem ... Abrir os seus braços.... e Voar....

Lado a lado com os pássaros....

Voar na imensidão dos céus .... com a terra aos seus pés....

 

Um Homem só consegue Voar.... se a uma Mulher souber Amar....

 

"Querida, faz-me sonhar!..."
Ela respondeu-lhe com apenas um sorriso...
O sorriso da mulher... a chave que liberta os sonhos do homem...
O Homem precisa da mulher para sonhar...
A Mulher precisa do homem para realizar seus sonhos...
Os dois se complementam, um só corpo e alma, em Amor.

 

As asas da sua amada fez vibrar ...quando o céu, á noite, se iluminou...
e assim o homem aprendeu a Voar.

07
Ago20

TESOUROS ESCONDIDOS

Publicado por Zezinha Faísca

Um olhar longínquo delicado, vestido de sorriso doce com cheiro a hortelã, invade a intuição que desperta num feliz acaso.

FB_IMG_1597033049326.jpgComo num ímpeto, qual náufrago em alto mar, apressa-se a agarrar a corrente que passa ao seu lado.

Deixando-se levar, pelas ondas arrebatado, descobre tesouros em baús escondidos.
Pedras preciosas, ouro, pérolas e marfim em serenas grutas, aguardavam a sua chegada.

Surpreendido com tamanha riqueza que não ousara sonhar, obstinadamente se recusava a acreditar.

Perante as evidências, o instinto tomou as rédeas do seu navegar.
Sem ter noção da realidade ou a sonhar, as forças uniram-se e ao destino chegou.

Ainda incrédulo, em honras recebido qual monarca agraciado, seus desejos satisfeitos do coração já esquecidos.

04
Ago20

BONDOSO CORAÇÃO

Publicado por Zezinha Faísca

 

FB_IMG_1597033088483.jpgOlhos azuis, cabelo ruivo ondulado 

Mãos generosas, de corpo cuidado
Conversa marota, sorriso brincalhão
Pai afável, bondoso coração

Como "Espada" é conhecido
Do seu nome, o apelido
Simpático e cordial
No mundo não há igual

Tio querido, bom marido
Cara linda, avô babado
Por todos muito honrado
Dinâmico, trabalhador
Prestimoso, protetor

Dos animais amistoso
Para as crianças amoroso
Alegria é o seu lema
Da vida fez um poema

Ao sol quente a pele queimou
Ás estrelas se juntou
Até a Lua chorou
Quem na terra tanto amou.

02
Ago20

LUSITANO DE PAIXÃO

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597060564748.jpg

É tão lindo o teu olhar

Tua alma é tão bela
Teu rosto sempre a brilhar
Qual pintura de aguarela

Amigo inesperado
País irmão é teu fado
A música é o teu tema
Escreves sempre um poema

Lusitano de paixão
Com raízes de cultura
Disposto a dar a mão
Um sorriso que perdura

Tens dança no coração
A distância não separa
Presente na ocasião
Que amizade tão rara.

 

11
Jul20

Morangos e Chocolate

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033077981.jpg

Palavras de chocolate

De morangos envolvidas

Sob penas eriçadas

Rodopio de vivas cores

Soam notas perfumadas 

A fogo e água elevadas

Aos céus quais asas de águias 

Libertam os seus odores

 

Sussurros, gemidos e ais

Misturas de tintas trocadas 

Sabores sensoriais

Entre as criaturas aladas

Suas flechas apontadas

Desenham pinturas reais 

 

Lábios doces derretidos

Línguas de seda enlaçadas 

Deslizam em rampas molhadas

De chuvas perpetuadas

Em cisternas recolhidas

Rupestres gravuras tecidas

Pepitas de ouro banhadas

Histórias de amor já vividas.

 

08
Jul20

Milagre Celeste

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033106267.jpg

De uma semente eclode

Um minúsculo rebento

União de um amor forte

Refúgio de abraços ao vento

 

Milagre celeste da vida

Embrião divino provido

Felicidade ansiada

Amor para sempre sentido

 

Por meses ventre a crescer

Contornos a definir 

O coração a bater

Um filho que está por vir

Se sente o seu mexer

Numa volta vai rodar

Beleza a estremecer

Emoção de arrepiar

 

Os olhinhos se imaginam

Seus pézinhos se aproximam

Toque de veludo macio

Para a vida um desafio

 

Pele doce, ricas bençãos

De aroma bébé, perfumada

Não cansa olhar o seu rosto

Tocar nos dedinhos a gosto

Sorrir em canção embalada

Sons de alma muito amada.

 

07
Jul20

Primavera a Renascer

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033073127.jpg

Rio de nuvens azuis

De algodão matizado
Em emoção transbordado
Verde prado encantado

A correr por entre as pontes
De pedra em pedra saltitam
Gotas de água esvoaçantes
Cristalinas, borbulhantes
Em verde e ouro se agitam

Primavera a renascer
Em bordados multicores
Antes do entardecer
Reencontram os amores

Chilrear encantador
Andorinhas, rasam, felizes
Filhotes de cegonha, petizes
O pavão exibe as penas
Balouçam as açucenas
Um bailado sem pudor
Dançam a valsa do amor.

 

06
Jul20

Menino de Quatro Patas

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033085938.jpg

Menino de quatro patas

Branquinho de pura lã 

Tão lindo o espertinho 

Fofinho, asseadinho

Dorminhoco, um galã 

 

Narizinho preto botão 

Companheiro, brincalhão 

Com ares de rezingão 

Gosta de fazer ão-ão 

 

Qual criança de dois anos

Meiguinho, bonacheirão 

Por vezes falta -lhe o tino

Abre a boca um beliscão 

 

Na água dá lambidelas

Beijos não gosta de dar

Á noite aproxima as costelas 

Está na hora de deitar

 

Vigilante, cuidador

De crianças protetor

Um doce provocador 

Seus olhinhos um amor. 

 

05
Jul20

Á Sombra da Lua

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033082802.jpg

Em tons de fogo nasceste 

Cheia de brilho te assomas

A meio permaneceste

Envolta por véus de chamas

 

Escalas o céu triunfante

Rompendo o negro estelar 

Atrais olhares distantes

De prata nas ondas do mar

 

Quente a noite tropical

Altas horas de horizontes 

Espelhas as águas das fontes

Em roteiros deslumbrantes

Qual deleite a desfrutar

 

Emites raios de luz

Tua sombra me seduz 

Lobos ao longe a uivar

Sons de gatos ao luar

Um convite a namorar.

 

 

04
Jul20

Fraterno Olhar

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033060589.jpg

Um movimento ascendente

Há burburinho no ar

De muitos lugares distantes

Simetrias a desenhar

 

Tela de rostos diversos

Vestidos em ondas de cor

Superam os seus esforços

Se uniram em Amor

 

Seu Criador adoram

Adultos, jovens, crianças

A fé não ignoram

Renovam as esperanças

 

Risonhos brilhantes olhares

Ouvidos aprendem lições

Caminham sempre aos pares

Fortalecem corações

 

Quão bela a harmonia

Tanta paz e empatia

Acordes de melodia

Abraços dão alegria.

 

01
Jul20

Escolinha de Brincar

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033091819.jpg

Cabelos serpenteando

Em rolinhos descendentes
A madeixa que desliza
Não resiste aos seus encanto
Olhos belos inocentes
Muito alegres reluzentes

Lábios cor de morango
Doce falar tão risonho
Muitas palavras, um sonho

Os pezinhos saltitando

Ora subindo ou descendo
Em constante movimento

Delícia de quem passar
Tamanha beleza encontrar
Idade tenra a crescer
Genuíno verbo amar

Seu nome irá levar
Na escolinha de brincar
Os brinquedos a rolar
As bolinhas encestar
As letrinhas a bailar
Os desenhos a pintar
A cadeira a baloiçar
O triciclo a pedalar

Tão crescida minha querida
De saber tão decidida
A “Tati” vai de fugida 
Já andam penas no ar

A vovó e a titi
A mamã e o papá
O panda, a “Masha”, o ão-ão
A cantiga do quá-quá
Nadar na praia é tão bom
Areia a desbravar

Há sempre muito a contar
Seu rosto irá corar
E compor uma canção.
15
Jun20

Escultura de Fogo

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033075623.jpg

Peito que queima de frio

Saudade escultura de fogo

Em sal dissolve o vazio 

Semente que brota de novo

 

Ciência de sábios estudada

Por filósofos entendida 

Antigos mestres em demandada

Compêndios de larga medida 

 

Tema de contos e canções

Conchas de pérolas escondidas

Um tesouro em milhões 

Anseio de nossas vidas 

 

Gema fecunda em ovo 

Desejo num poço escondido 

Difunde calor no seu choco

Rompendo em vermelho alarido 

 

Não tem relógio a hora

Rebola qual linda esfera

Destemida e sedutora

Alcança quem menos espera. 

 

 

11
Jun20

Desejos Sonhados

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597033080274.jpgQuero

Desvendar os teus segredos 

No entrelaçar dos dedos 

Corações a palpitar 

 

Amo

O teu olhar atrevido 

Dás-me um beijo colorido 

É  doce o teu abraçar 

 

Carinhos 

Em nossos corpos ardentes

No momento pertinentes

Conjugam o verbo amar

 

Desejo 

Adormecer em teus braços 

Se fortalecem os laços 

De manhã ao acordar.

 

06
Jun20

Por Onde Andas?

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597032986674.jpg

Voz doce meiga

Sorriso maroto
Olhar escondido
Pensamentos distantes


Por onde andas?


Coração a bater acelerado
Pele quente, macia, inebriante

Memórias longínquas
Desejos sonhados

 

Porque te escondes ?

 

Talvez um dia
O sonho desejado, doce ilusão
Apenas um toque, novo despertar
Abraço profundo entrelaça meu ser

Olhos brilhantes, sorriso maior
E a vontade do tempo parar


Por onde andas?
Perto daqui, tão longe de mim.

03
Jun20

Oh, Quem Me Dera

Publicado por Zezinha Faísca

FB_IMG_1597032992487.jpg

Corações sedentos de amor

Momentos que correm no ar

Anseio tua companhia

Escondo a melancolia 

Vem pra mim, vem me abraçar 

 

Oh, quem me dera!

 

Esquecer tudo ao redor 

Extinguir do peito essa dor

Esvaziar todos os medos

De memórias inquietantes

Abrir as asas a destinos itinerantes

Unidos em desejos convergentes

Descobrir  paisagens deslumbrantes

 

Gargalhadas ao luar, brincadeiras inocentes

Caminhos a desbravar em viagens delirantes 

Alegria de viver, olhares tão sorridentes 

Que delícia o despertar

Em momentos envolventes.

 

 

Zezinha Faísca

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D